Racionalismo é a morte da poesia, da beleza e da fé

Publicado: janeiro 11, 2010 em Uncategorized

Sábado, 09 de Janeiro de 2009.

“ Ele será chamado Nazareno “  ( Mt 2.23 )

( Leia Mt 1-2 )

Nazaré teria sido uma cidade muito pequena, uma vila da Galiléia sem nenhuma importância no primeiro século. Há quem diga o seguinte: Nazareno, na expressão, “ Ele será chamado Nazareno “ relaciona-se com Isaías 11.1, “ um ramo surgirá do tronco de Jessé “. Ramo, broto, nêtser, em hebraico. Ou seja, Nazaré teria se estabelecido com esse nome por causa de Jesus , não o inverso. Nazareno seria uma espécie de título, não “  da cidade de Nazaré “. Outros falam da semelhança com o termo Nazireu, usado para Sansão, no livro de Juízes – alguém com votos extremos de santidade e serviço a Deus.

Não tem o que fazer, esses eruditos. A Academia às vezes é um desserviço à Espiritualidade. Se me chamarem de anti-intelectual será perda de tempo. Não ligo. Não é nada disso.  Apenas uma constatação: Racionalismo mata a beleza da fé e da poesia. Não quero especular coisas assim. Prefiro muito mais a contemplação de um Mistério, Deus-feito-gente, o Jesus-homem. O Eterno no finino, o transcendente no pó-e-cinza da nossa precária e inconclusa humanidade. Jesus de Nazaré, meu Deus, meu salvador, meu Senhor!

ORAÇÃO ( um cântico ) : “ Jesus Nazareno é tudo o que eu tenho, Jesus Nazareno é tudo o que eu tenho pra te dar. Não tenho ouro nem prata, o meu tesouro não daqui. Jesus é minha alegria e nunca vai partir. Não tenho ouro nem prata.  A maior riqueza é conhecer a Deus. Quando eu cri em Jesus um dia, o bem que estava morto renasceu! “ ( Jesus é tudo , CD “ Povo de Deus, povo missionário” )

Anúncios
comentários
  1. evandro disse:

    Bom demais esse post. Buscar a Deus de todo coração e todo entendimento. Não é ‘OU’ um ‘OU’outro é ‘E’ (os dois). Se buscarmos apenas ‘de todo entendimento’ ficamos chatos, soberbos, nada poéticos, malas sem alça incapazes de chegar aos corações frágeis. Por outro lado, se buscarmos apenas e tão somente “de todo coração” ficamos cegos e nos contentamos com qualquer coisa, correndo riscos de sermos enganados pela paixão.
    Vamos buscar então a Deus de todo coração ‘e’de todo entendimento.

    abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s