Sem o Espírito Santo não dá

Publicado: setembro 14, 2009 em Uncategorized

( Mensagem de 12/set/2009 – Comunidade de Jesus, SBC )

” Em meu livro anterior, Teófilo, escrevi a respeito de tudo o que Jesus começou a fazer e a ensinar, até o dia em que foi elevado aos céus, depois de ter dado instruções por meio do Espírito Santo aos apóstolos que havia escolhido.  Depois do seu sofrimento, Jesus apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando-lhes acerca do Reino de Deus. Certa ocasião, enquanto comia com eles, deu-lhes esta ordem: “Não saiam de Jerusalém, mas esperem pela promessa de meu Pai, da qual lhes falei. Pois João batizou coma água, mas dentro de poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo”. Então os que estavam reunidos lhe perguntaram: “Senhor, é neste tempo que vais restaurar o reino a Israel?” Ele lhes respondeu: “Não lhes compete saber os tempos ou as datas que o Pai estabeleceu pela sua própria autoridade.  Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”.

Atos 1.1-8 ( NVI )

A verdade é que sem o Espírito Santo não dá.

Sem o Espírito Santo não é possível seguir a Jesus, o Filho, e manter um relacionamento amoroso , significativo e real com o Pai. Isso porque o Espírito Santo é fundamental, essencial e central na nossa experiência Cristã. Sua fundamentalidade tem a ver com o fato da vida humana ter começado a partir do sopro do Espírito de Deus ( nephesh shamã )  na Criação ( Gn 2. ). Sua essencialidade se dá pelo fato de nos dar energia, vigor, vida. Sem o Espírito, somos os ossos sem vida relatados pelo profeta Ezequiel ( Ez 37 ), somos coisa morta. Sua centralidade reside numa fato simples: não há espiritualidade sem o Espírito Santo!  Paulo nunca usa o termo Espírito/espírito ( πνεῦμα – pneuma ) ou espiritual ( πνευματικός – pneumatikos ) para se referir ao espírito humano, ou “religioso”,  não-material ou  mesmo ” fantasmagórico ” (1). No coração do ensino paulino, quando usa essas expressões , ele faz clara referência ao Espírito Deus. É por isso que sem o Espírito de Deus não dá: não há Vida Espiritual ( termo preferido por Henri Nouwen para falar da imitação e do seguimento de Jesus ) sem o Espírito Santo!

O Novo Testamento inteiro enfatiza essa realidade: Atos dos Apóstolos, dizem os comentaristas/teólogos, pode muito adequadamente ser entitulado “Atos do Espírito Santo “. Os versos 4,5  de Atos 1 mostram o principal tema do Livro: a Promessa do Espírito e o imersão capcitadora no Espírito – o poder e as atividades extraordinárias do Espírito Santo. Atos 1.1-8, numa avaliação bem adequada, é um resumo de todo o Livro ( que forma um todo com o Evangelho de Lucas ): o Espírito agindo e o Evangelho/ o Reino avançando   ” em Jerusalém, Judéia, Samaria e até os confins da Terra “. ” Sem o Espírito Santo não haveria nem Novo Testamento nem Cristianismo “, é a lúcida opinião de J.I. Parker , teólogo anglicano (2). Concordo. Sem o Espírito Santo não dá.

Jesus diz coisas lindas sobre o Consolador que ele enviaria ( João 14.15-17;25,26;15.26,27; 16.5-12). Jesus concorda : sem o Espírito Santo não dá.

Paulo faz côro ao afirmar lindamente que o Espírito Santo é Deus ( 2 Cor 3.17,18), e como Deus é absoluto, bom, eterno, imenso, imutável, incompreensível, infinito, invisível, justo, livre, onipotente, onipresente e onisciente, o Espírito Santo é  absoluto, bom, eterno, imenso, imutável, incompreensível, infinito, invisível, justo, livre, onipotente, onipresente e onisciente ! Sem o Espírito Santo, queridos, não dá !

Para Paulo, o Espírito Santo é também Presença ( Ef 1.13; Gl 3.14 ) . Gordon Fee, teólogo pentecostal ( Assembléia de Deus ), professor do Regent College, Canadá, me emociona muito ao dizer:

” Presença é palavra deliciosa – por que aponta par uma das nossas grandes e preciosas dádivas. Nada mais pode ocupar o lugar da presença, nem presentes, nem telefonemas, nem fotos, nem lembranças, nada. Pergunte à pessoa que perdeu seu cônjuge de longos anos do que ela mais sente falta; a resposta invariavelmente será ‘ presença ‘. Quando estamos doentes, não precisamos tanto de palavras confortadoras quanto precisamos da presença daqueles que amamos e nos amam. O que faz a vida compartilhada – jogos, caminhadas, concertos, excursões e muitas outras coisas – tão agradáveis? Presença ! Deus nos fez dessa forma, à sua imagem , porque ele mesmo é um ser pessoal que se relaciona. O grande problema com a queda é que perdemos não somente  nossa visão de Deus , mas também nossa relação com Ele, e assim deixamos de sentir sua presença permanentemente. Para Paulo, a vinda de Cristo e do Espírito mudou tudo isso para sempre. “ (3)

Viu, como sem o Espírito Santo não dá? Só resta um vazio e uma saudade enormes de Deus. Isso é demais. Quem aguenta? Quem resiste?

E Ainda, diz Paulo, o Espírito Santo é uma PESSOA, a 3a das pessoas da Trindade, família eterna de eterno amor !  ( Ef 4.4-6; 1 Cor 12.4-6; 2 Cor 13.13 ) Apesar de usarmos termos/imagens que tem mais a ver com coisas ( vento, fogo, água, ou mesmo uma animal,  a pomba do Batismo do Jordão ), apesar de lidarmos bem com o início do Credo Apostólico  (4) , ”  Creio em Deus Pai Todo-poderoso. E em Jesus Cristo seu único Filho nosso Senhor … “, quando surge a frase ” Creio no Espírito Santo “, curta, sem maiores considerações, ficamos confusos, enevoados e nubla-se a nossa fé.  Mas, acredite, o Espírito Santo é uma PESSOA ! Jesus nunca se refere a ele como uma força, um ainfluência, algo impessoal,   um ” it “, como se diz em inglês: ele tem mente, emoções e vontade/desejos. O Espírito Santo fala ( Ap 2.7 ; At 13.2 ), intercede por nós ( Rm 8.26 ), testifica de/sobre Jesus ( Jo 15.26 ), direciona/lidera/conduz/ordena/guia  ( At 8.29 ; 16.6,7; Rm 8.14;  At16.13 ), pode ser insultado/ofendido ( Hb 10.29 ), pode ser blasfemado (  Mt 12.31,32 ; Ef 4.30 ). Ou seja, um ser de características bem pessoais ! ( 5 )

Viver sem essa pessoa na minha vida…não dá ! Ele Ele, o Espírito Santo, quem me conduz ao mistério da Trindade.

Aliás, At 1.1-8 repete a forma Trinitária de muitos textos paulinos: Jesus ensina, dá seus mandamentos  aos discípulos pelo Espírito Santo ( v. 2 ), a Promessa do Pai ( v. 4 ) no qual eles ( nós ! ) seríamos batizados/mergulhados/imersos ( v. 5 ) , o que lhes ( nos ) daria poder para testemunhar  “… até os confins da terra ” ( v. 8 ).A Trindade atuando. Deus agindo no tempo , na história. É como diz na sua frase poderosa David Bosch :  ” O Pai enviou o Filho,o Filho enviou o Espírito e o Espírito enviou a igreja “. (6) É, irmãos, sem o Espírito Santo não dá. Não há discipulado, evangelização, vida espiritual, igreja… sem o Espírito, o que nos resta? Um Vale de Ossos ressequidos ( Ez 37 ), um cemitério a céu aberto, mortos-vivos, zumbis religiosos. Sem o Espírito Santo, definitivamente, não dá !

Jesus ressurgira, poderoso. Toda a desorientação, solidão e angústia dos discípulos por conta da sua morte se apazigua. Mas continuam míopes, em-si-mesmados: “Senhor, é neste tempo que vais restaurar o reino a Israel?” (v.6 )

Continuamos assim, com essa tendência de torcer as coisas, de usar Deus . Somos muito bom em utilitarismos, sobretudo o religioso. Rapidamente a névoa da incerteza se dissipa e os discípulos querem cuidar dos seus assuntos pessois, a libertação do jugo Romano, por exemplo. Eles não conseguem se livrar da idéia de um Messias-guerrilheiro, um libertador político que os guie numa revolucão armada e irresistível. Jesus tem outra coisa em mente, uma revolução nos seus corações – o Reino de Deus. O Espírito não viria para ser um secretário-executivo  de assuntos internos de Israel e seu poder não seria uma arma-secreta para acabar com os inimigos nacionais. O Espírito e seu poder seriam a presença capacitadora de Jesus para que os discípulos pudesse testemunhar ( μάρτυς – martus ) . Testemunhas. Mártires por Jesus. O que isso tem a nos dizer hoje sobre o uso que a igreja tem feito dos “dons do Espírito ” ? Em que essa descrição do coração dos apóstolos fecha com a atitude da teologia da prosperidade, dos milagres/bençãos pregadas na TV, supostamente realizadas um Deus que se parece com com tudo menos com o Deus da Cruz? Seria lícito continuar a alimentar uma religião de auto-realização num mundo em que ainda há ” vinte e sete milhões de escravos, no qual 840 milhões de pessoas vão dormir com fome por não poder pagar um única refeição, onde um milhão de pessoas por ano cometem suicídio, que permite a morte de 4500 pessoas de AIDS por dia  na África ” ( 7)  ? O Espírito de Cristo deveria nos capacitar novamente a testemunhar  ( leia-se, sofrer, se necessário )  a respeito dEle, do seu amor e da ainda possível e tangível Revolução do Reino de Deus.

Que o Espírito de Deus nos ajude , nos leve a um arrependimento e mudança de mentalidade e de prática. Amém.


(1) FEE, Gordon: Paulo, O Espírito e a Igreja ( United Press ).

(2) PARKER, J. I. : O conhecimento de Deus ( Ed. Mundo Cristão ) Leia sobre Parker, esse fantástico teólogo anglicano,na edição de set/2009 de Ultimato.

(3) FEE, obra citada, Idem, p. 10.

( 4 ) O CREDO APOSTÓLICO : Leia artigo a respeito dessa excelente síntese histórica da fé Cristã aqui

( 5 ) GRAHAM, Billy: The Holy Spirit – activating God’s power in your life ( W. Publishing, 1978 ). Edição Amzon/Kindle-IPhone Edition, p. 100.

(6) BOSCH, David J. Missão Transformadora: Mudanças de paradigma na teologia da missão. Tradução de Geraldo Korndörfer e Luís Marcos Sander. São Leopoldo/RS: Sinodal, 2002.

(7) BELL, Rob; COLDEN, Dan: Jesus wants to save christians – a manifest for the church in exile. Zondervan, 2008. p. 174

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s