Pousou uma pomba

Publicado: setembro 11, 2009 em Uncategorized

De súbito, de leve, do nada, do alto , uma pomba

( E branca, como sempre se figura o ícone

Do Espírito Santo )

Pousa na praça ruidosa e profanada pela feira.

Eu me assusto e comento pra dentro, eu comigo:

” É símbolo de Deus, o Espirito Santo ! ” 

Curiosamente, eu lera cedo, devociolnalmente faminto,  sobre o tal Parácleto, o Consolador,

quando me pertubara, algo incômodo

a noção de coisa, precariedade dos símbolos:

Fogo, água, vento, óleo …pomba…

Mas Ele é uma pessoa – age, atua, decide, intenciona, abraça e toca

Como eu toco pessoalmente meus meninos, o Maior e o Caçula, filhos do meu amor.

Pessoa. Deus. Espírito.

Pensava nisso enquanto dizia, depois do pastel ( divino ) de queijo, fim-da-feira:

” Filho, corra. Faz voar a pomba. Você gostá, né? ”

O Espírito me visitou. Pousou uma pomba.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s